Caso Maristela Just vai a julgamento na próxima semana

Após 21 anos de impunidade, finalmente foi marcado, para os próximos dias 13 e 14 de maio, o julgamento do assassinato da estudante universitária Maristela Just pelo seu ex-marido, o comerciante José Ramos Lopes Neto, ocorrido em abril de 1989. O processo será julgado na 1ª vara do Fórum de Jaboatão dos Guararapes, onde será submetido a júri popular.

O acusado, filho do advogado criminalista pernambucano Gil Teobaldo, disparou três tiros fatais contra a ex-mulher de 25 anos, um tiro na cabeça do filho de dois anos e um outro no ombro da filha, então com 4 anos, e um no cunhado, Ulisses Ferreira Just, quando o mesmo tentava socorrer a irmã e os sobrinhos.

Os três feridos permanecem até hoje com seqüelas graves, tendo o caçula o lado esquerdo do corpo paralisado e o cunhado, que tinha 27 anos à época, um projétil alojado na coluna de forma irreversível. O crime aconteceu na casa dos pais da vítima, no bairro de Piedade, em Jaboatão dos Guararapes, e o acusado, mesmo após ter sido preso em flagrante e confessado a autoria dos crimes, permanece em liberdade desde 1990, aguardando o julgamento do processo.

Desde que foi informada a respeito da data oficial do julgamento, a família Just vem chamando atenção da sociedade para o caso e disponibilizou diversas informações e documentos na Internet através de e-mails, blogs e redes sociais. É importante salientar que este foi um dos primeiros crimes a causar grande mobilização social em defesa dos direitos das mulheres no Estado. O que agora esperamos é o óbvio: justiça!

Para acompanhar no Twitter: http://www.twitter.com/casomaristelaju.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s